Buscar
  • Little Stories

O poder da troca de experiência

Praticamente todo mundo já ficou sem saber qual caminho tomar em algum momento da vida. E o que fazer quando nem se tem ideia de onde se quer chegar?


Breno dos Santos se viu nessa encruzilhada no final do ensino médio. Ele não tinha a menor ideia do que fazer depois da escola. E pra piorar, cresceu sabendo que para um jovem da periferia como ele, tudo seria mais difícil.


O que Breno também não sabia é que o desconhecido dava medo em todo mundo e não era uma questão de classe social. Bianca Guedes já estava perto de se formar em publicidade quando se viu perdida como Breno.


Ela sonhava em trabalhar dentro de uma grande agência, mas a falta de experiência mexeu até com a autoestima. Bianca ficou pra baixo, não imaginava que era possível acessar esse mercado.


Breno e Bianca precisavam conhecer o poder da troca de experiência! E é nesse ponto que surge o Instituto Joule. A organização conecta jovens e mentores, gente com muita experiência que vai mostrar o que sabe e incentivar essa galera a descobrir um caminho.


Fernando Schneider e Sheyla Schneider fundaram o Instituto. Eles acreditam no poder da mentoria. Para eles, a troca de experiência com alguém que superou a indecisão e a insegurança, é poderosa e capaz de transformar vidas.


Histórias que a gente adora contar: o Instituto Joule e o poder da mentoria na transformação da vida de milhares de jovens brasileiros.

No Instituto, a mentoria pode ser física ou virtual. O mentorando faz teste vocacional, exame de perfil, conhece mais opções de carreira e depois recebe o auxílio para desenhar um plano.

O Joule possui administradores, gente de tecnologia da informação, engenheiros e muitos outros profissionais no projeto. Depois que o jovem passa pelo processo, a visão fica muito mais clara e a perspectiva muito maior!


Elen Salomé, Felipe Flores e Herica Ponsiano são alguns mentores do Joule. Elen vê na diversidade dos mentores uma riqueza de experiência. Felipe reconhece que passar um pouco do conhecimento dele para os jovens, o fez mudar como pessoa. E Herica complementa falando de propósito. Ela vê no projeto a capacidade de transformar uma sociedade.


Bianca, que você conheceu no começo dessa história, fez um treinamento com a Herica e conta que a partir daquele momento a história dela começou a mudar: “A Herica deu treinamento de entrevista e ferramentas pra gente usar na vida pessoal. Foi o momento que o Joule começou a transformar a minha vida”.


Os jovens chegam sem acreditar num futuro melhor e aos poucos passam a demonstrar habilidades, conquistar bolsas de estudo, posições no mercado de trabalho. “Vimos jovens que a gente ajudou entrando em boas universidades, ajudando a sustentar suas famílias. Não tem satisfação maior que ver a mudança de trajetória no jovem que a gente ajuda”, revela Fernando.


O sonho do Instituto era ser uma fábrica de transformação. Fazer em escala o que individualmente, os fundadores viveram no início da minha vida profissional. O voluntariado tornou o projeto uma realidade. Hoje, transformam vidas e histórias. Histórias, cheias de verdade, como as de Breno e Bianca que a gente, aqui na Little Stories, torce, se envolve e ama contar.

16 visualizações

© 2018 Little Stories